À espera de um milagre

Desde que fomos criados pela sabedoria suprema estamos em constante evolução.

Não há ausência de movimento em nenhum momento. Seja lá o que estivermos vivenciando, estamos nos movimentando, criando algo que será vivenciado a seguir.

Quando falamos em transição planetária, é o mesmo que falar de um grande evento; ele leva tempo para ser organizado e requer inúmeras coisas diversas que, em conjunto, o levarão ao sucesso.

Um evento não acontece sozinho por si só; é necessário uma quantidade grande de envolvidos, cada um executando uma diferente função. A ausência de uma coisa ou outra atrapalha e até mesmo o impossibilita de acontecer.

Enquanto está sendo preparado um grande evento, as vidas de todos os envolvidos continua acontecendo; aprendemos, sofremos, choramos, rimos, nos divertimos e ao mesmo tempo executamos o nosso papel para que ele aconteça.

O que vejo é um grande número de pessoas "a espera de um milagre". Percebem que estamos vivendo algo grandioso, mas estão ali apáticos, aguardando o convite para começarem a se movimentar.

Nós todos, sem distinção, somos participantes dessa transição. Mas não como convidados que apenas usufruirão da festa, mas como colaboradores que precisam se posicionar e "arregaçar a mangas" para que ele aconteça.

Sem consciência em ação, tudo se dá de forma muito mais enrolada e confusa.

Quero dizer que tanto desconforto faz parte desse movimento; como numa viagem, onde nos deslocamos de um ponto ao outro. Aqui estamos indo de uma consciência a outra, de uma realidade a outra e, em viagem, dificilmente há conforto.

No caminho surgem surpresas inesperadas, das quais precisamos olhar de frente, adaptar e seguir em frente, sempre.

Não espere que o seu mundo mude a partir do que os outros estão fazendo. Quando não fazemos a nossa parte permanecemos no mesmo patamar de consciência e iremos estar exatamente onde essa frequência ressoar, aqui ou em outro lugar.

Isso que estamos vivendo não é novo, nem inesperado, nem surpreendente. Se estamos aqui neste agora é porque temos recursos para participar ativamente disso tudo - mantendo bons hábitos, pensamentos, ações, desenvolvendo pelo autoconhecimento, parando de se projetar no outro, de ser dependente, de controlar, manipular ou seja lá o que for.

Estamos aqui para ser colaboração, para fazer a nossa parte, para alimentar boas energias e fazê-las expandir.

O que está em cima depende do que está embaixo.

Abram os olhos da consciência e participem disso tudo com lucidez.

Sombra é ausência de consciência. Consciência é informação, é verdade, é luz.

Quem tem sido você desde que você chegou aqui na Terra?

É quem na maior tempo ajuda ou precisa de ajuda?

O que isso diz sobre você?

E o que você pode fazer para melhorar isso?

Não estamos sozinhos. Só passaremos de fase quando fizermos a nossa parte; olhar pra dentro, se reaproximar na nossa própria essência, desapegar do que não é necessário, seguir em frente, em auxílio promovendo harmonia, sempre.

SOMOS.




0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo