Você não é o que você pensa

Por quantas vezes você considerou a possibilidade de deixar a mente em segundo plano, se conectando com o sentir, em outros níveis de consciência?

Como seria compreender que a mente que te conduz sem controle está aqui para ser conduzida por você e para trabalhar a seu favor?

A mente é um sistema potente de captação de informações, regida pelo ego, que generaliza, omite e distorce a realidade de acordo com forma que você lida com o mundo.

Como seria considerar que a sua mente literalmente mente para você o tempo todo? Mas ela não faz isso por mal. A mente sustenta aquilo que foi criado em algum momento com a intenção de nutrir o que já é conhecido por ela. Ela sustenta o que conhecemos como zona de conforto onde, mesmo não sendo o ideal, permanece por nos deixar seguros.

Enquanto optarmos pela razão, estaremos desconectados da congruência do coração.

Quantas escolhas você faz seguindo aquilo que o seu coração pede?

Quanto a desconfortos estão aí presentes por ter deixado a sua mente conduzi-lo, afastando você do seu sentir?


Você não é a sua mente, nem os seus pensamentos.


Você é o observador que rege esse sistema.


Como seria conectar com a consciência que você é, que está por trás da mente pensante da qual você se identifica?


É possível.

Abra-se para a possibilidade de viver além da mente.


Pegue as rédeas de sua própria mente, e conduza-a a seu favor.




15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Elucidando Mediunidade/Sentividade e Barras de Access

Tive a oportunidade de atender semanalmente, por mais de um ano, ininterruptamente, uma pessoa que sofria de síndrome do pânico há alguns anos. Cada sessão era uma manifestação diferente, sempre surpr

Elucidando Campos Mórficos e Barras de Access

Elucidando Campos Mórficos e Barras de Access Quando nos interessamos por algum assunto, acessamos o campo informacional que permeia o que aquilo é. O mesmo se dá quando agendamos uma consulta, sessão